sexta-feira, 7 de abril de 2017

NEW

Tivemos o prazer de receber no nosso cantinho universitário a CEO fundadora da agência Cactus, a gestora de mídias sociais Paula Graziani, que realizou um bate-papo super descontraído, abordando vários assuntos sobre o universo digital. O bate-papo rendeu tanto, que tivemos que colocar em duas partes. Conheça mais sobre a agência Cactus no site e curta as redes sociais facebook e instagram.



Além do bate-papo maravilhoso, tivemos momentos de descontração com o nosso desafio de fogo, com esse papo super quente sobre o universo digital! Quer ficar por dentro da segunda parte do vídeo e outros conteúdos? Acompanhe o nosso canal no YouTube!



Por: Juliana Hermes
Estudante de Publicidade e Propaganda, redatora, gestora de mídias sociais, embaixadora do Clube de Criação, criativa, interessada por Relações Públicas e Marketing Digital. Alguém que busca seguir seus sonhos, sem medir as dificuldades. Tem uma frase que rege a sua vida "Seja a mudança que você quer ver no mundo." - Mahatma Gandhi

 

Bate-papo com Paula Graziani - O Universo Digital (Parte 1)

leia mais

sábado, 25 de março de 2017



Já ouvi muitos universitários se queixarem de não terem portfólio para apresentar na hora de buscarem um estágio. Aí acabam tendo que estagiar em lugares que não pretendiam como empresas, gráficas ou em outros lugares quando ao invés disso, gostariam de trabalhar na área criativa de uma agência publicitária. Seus problemas acabaram! Vamos criar?

O festival do Clube de Criação, todo ano, realiza a Categoria Estudante, onde estudantes de todo o Brasil, que estão cursando Publicidade e Propaganda, competem entre si.


Você já conhece o festival?

O festival do Clube de Criação oferece ao aluno, a oportunidade de criar uma peça publicitária, formato livre, com um cliente real, tendo a chance de ganhar prêmio e ainda de quebra, ganhar um ESTÁGIO na nada mais, nada menos... está sentado? Conseguir um estágio na agência AlmapBBDO! Ah, esqueci de te falar, advinha quem é o cliente? Os queridos do ifood! 😍


Quanto sairá para o seu bolso universitário? 

O valor de cada inscrição de trabalho no festival custará R$120,00. Então capricha na peça para não ficar jogando dinheiro fora, né? Porque tenho certeza que não está sobrando! (risos). Ah, lembrando que se você fizer em dupla, sai só R$60,00! Olha aí as coisas melhorando e conspirando ao seu favor. 😉


Onde será?

O festival será na cidade onde tudo acontece, São Paulo! Abrigado pela Cinemateca Brasileira, o festival tem um espaço super agradável, ambiente interno e externo, além de ser aconchegante e estiloso.


Por quê participar?

Porque ninguém merece terminar um curso sem um portfólio para apresentar, com alguma peça que já possua certa elaboração exigida pelo mercado. 

Ah Juliana, eu já tenho peças assim!
Que ótimo para você, terá mais chances de vencer na hora da competição. 

Ah Juliana, eu não estou no nível de entrar em uma competição. 
Gatinhx, sacode a poeira e dá a volta por cima! Não espere cair do céu, ninguém vai chegar docemente, bater nos seus ombros e dizer: quer um estágio? Acorda para vida que a publicidade está cada vez mais competitiva e se você não se encaixar nas exigências, o mercado não te nota. Simples e objetivo!

Ah Juliana, estou sem dinheiro! 
Pelo amor de Deus, também estou na pindaíba e nem por isso vou deixar de me escrever e ir! Sou estagiária ainda, "I don't have money". Então aproveita que estou avisando agora e já economiza o dinheiro da inscrição e do festival! Ano passado, o valor da meia entrada beirou R$ 200,00. 

Ah Juliana... 
Para com a "Ah Juliana..." que desculpa não dá futuro, só te atrasa! O que muitos não sabem ou se esquecem, é que a sua vida profissional começa dentro da universidade, não fora dela. É nela que as oportunidades acontecem, é onde você tem a chance de colocar em prática e errar. É o lugar onde o seu erro ainda é aceitável. 

Além das experiências incríveis que você tem a oportunidade de vivenciar durante a viagem. Já fui dos anos seguidos e a cada ano me apaixono ainda mais pelo festival e pelas pessoas que participam dele, são muitas trocas de experiência. 


Medo de ir sozinho?

Relaxa! Conheça a galera que irá do seu estado, estão aqui alguns contatinhos dos embaixadores do Clube de Criação para você já começar a trocar ideia e ficar mais motivado ainda a ir ao festival:


Curtiu a categoria estudante e se animou em participar? Então partiu para a criação! Já comece por dentro do que você irá enfrentar:
BRIEFING

Aproveita e espalha a notícia para os amigos e conhecidos, vamos chamar essa galera para competir! Nos vemos lá no festival! E não esqueça de curtir a nossa página para ficar por dentro das notícias: Universitário Publicitário.


Por: Juliana Hermes
Estudante de Publicidade e Propaganda, redatora, gestora de mídias sociais, embaixadora do Clube de Criação, criativa, interessada por Relações Públicas e Marketing Digital. Alguém que busca seguir seus sonhos, sem medir as dificuldades. Tem uma frase que rege a sua vida "Seja a mudança que você quer ver no mundo." - Mahatma Gandhi


 

Vamos Competir no Festival do Clube de Criação?

leia mais

quinta-feira, 23 de março de 2017


Para quem nunca ouviu falar em digressão, ela é um subterfúgio, um recurso encontrado com frequência na literatura e no cinema. O que alguns não percebem, é que a digressão também é um recurso estilístico encontrado na propaganda com uma frequência muito maior do que se imagina.

A digressão é uma técnica que serve para surpreender o público, ao mesmo tempo em que prende a sua atenção no tema tratado nos meios veiculados.

Perceba como é aplicada a digressão no comercial do Itaú. Na cena, os executivos ao pararem para fazerem um lanche rápido, são pegos de surpresa por um vendedor de cachorro-quente muito simpático que, enquanto prepara os sanduíches, narra as suas teorias muito complexas sobre investimentos financeiros, deixando tais executivos boquiabertos.

Veja o comercial:


Note que o personagem começa falando de um assunto, foge para um outro, que, aparentemente não tem algo a ver com o tema tratado, então conclui, voltando ao assunto original.

Resultado de imagem para woody allen
Woody Allen - cineasta.
A intenção é que tal recurso gere uma surpresa no público, como o elemento chave que torna aquele texto com uma pegada fantástica! Quem utiliza muito deste recurso no cinema é o cineasta Woody Allen, e na propaganda, o nosso grande redator publicitário Washington Olivetto.

Quando conhecemos melhor os artifícios utilizados na propaganda, mais podemos explorá-los no nosso processo de criação. Isso é muito importante!

Para chamar a atenção do público, precisamos tornar a vida menos previsível e mais interessante. Você já quis ler uma história que já soubesse tudo sobre ela? A não ser que seja apaixonado por essa história, vai achar uma perda de tempo. E como diz o ditado popular: tempo é dinheiro. E essa frase se torna bem latente na propaganda.

Imagina, o cliente tem uma verba para investimento, tem um objetivo que é trabalhar o nome da sua marca ou vender um determinado produto ou serviço. Em 15" ou 30", que são os tempos mais frequentes de comerciais, se você não conseguir criar algo que atinja os objetivos dele, você poderá estar colocando milhões de reais na lata do lixo. Sentiu a pressão?

Sempre falo, algumas agências, infelizmente, adormeceram para a importância do redator, mas ele é a peça chave no processo criativo.
Muitas vezes, a gente só descobre o que interessa na hora que começa a falar sobre uma coisa que não interessa muito. - Holden Caulfield
Espero que tenham gostado do tema e do desenrolar do texto. Se quiserem oferecer dicas, podem nos mandar mensagens, serão sempre bem-vindas!


Por: Juliana Hermes
Estudante de Publicidade e Propaganda, redatora, gestora de mídias sociais, embaixadora do Clube de Criação, criativa, interessada por Relações Públicas e Marketing Digital. Alguém que busca seguir seus sonhos, sem medir as dificuldades. Tem uma frase que rege a sua vida "Seja a mudança que você quer ver no mundo." - Mahatma Gandhi

 

MELHORANDO SEU TEXTO - Chame a Atenção Do Público

leia mais

terça-feira, 21 de março de 2017



A inclusão do tema LGBT, principalmente de casais homoafetivos está em pauta na publicidade, ganhando cada vez mais espaço com marcas de diferentes segmentos. O tema é abordado  e inserido de forma bem sutil no cotidiano das pessoas, ganhando a suavidade merecida nas mídias.

Os comerciais vem apresentado o cotidiano simples, sem labirintos e nem quebra-cabeças sobre o universo de pessoas que se sentem atraídas pelo mesmo sexo.

Lembrando que, abordar temas como este enriquece debates, inclui minorias, constrói uma sociedade mais consciente e com menos pré-julgamentos. Separamos alguns filmes excepcionais para mostrar a nova cara da publicidade.

Colocamos "comerciais" no título do post para todos compreenderem, mas vamos seguir a linguagem publicitária e chamar de filmes, pois são filmes publicitários, veiculados tanto na televisão como em outras mídias.


WELLS FARGO

Duas mães aprendem a linguagem de sinais para se comunicarem com a filha adotiva.



SORVETE MAGNUM

Uma super produção fez parte deste comercial lindo e emocionante do Magnun.


SONHO DE VALSA

Ousado e sensual, o Sonho de Valsa mostra um beijo igualitário, sem apenas ter o beijo entre duas mulheres como plano de fundo, mas tendo a mesma importância que os outros.



COCA-COLA

A nossa queridinha da propaganda também entrou nessa! Um filme fofinho mostrando um irmão e uma irmã disputando o mesmo cara.



SMART

Abordando algo que muitas pessoas passam ao viverem seus relacionamentos distanciados da família, o filme é certeiro ao abordar o tema.



MICROSOFT

A Microsoft anuncia o Outlook em filme inclusivo, inserindo um casal homoafetivo de uma maneira simples e leve.


NIKON

Mostrando uma família de casais homoafetivos com seus filhos, reforça ainda mais a necessidade apresentarmos uma nova construção de família, nem melhor, nem pior, mas uma família.




SORVETE CORNETTO

Começando já com um frase marcante "Todo mundo quer ser amado, todo mundo quer se apaixonar", o filme parece mais um curta-metragem, mostrando como nasceu o romance entre duas meninas. Mas ao longo da história você torce pelo casal.



STARBUCKS

Tem vez para drag queen também! Claro! Nossa outra queridinha, a StarNucks, cria uma trama onde duas drag queens ameaçam brigar pelo lugar na fila, quando o atende as surpreende com um gesto fofo. E eles fecham com o slogan: "Salvando amizades desde 1971".


AVON

Para fechar o post lacrando com tudo, chamamos a poderosa, empoderadora e maravilhosa Avon para mostrar a diversidade lindamente neste filme.




Não são apenas filmes, é uma evolução da publicidade em abordar temas que antigamente, e ainda hoje, são tratados como tabus por uma parte da sociedade e algumas marcas. Nós temos o poder de criar e lutar por campanhas e peças mais inclusivas, isso também é um dever nosso como comunicadores.


Por: Juliana Hermes
Estudante de Publicidade e Propaganda, redatora, gestora de mídias sociais, embaixadora do Clube de Criação, criativa, interessada por Relações Públicas e Marketing Digital. Alguém que busca seguir seus sonhos, sem medir as dificuldades. Tem uma frase que rege a sua vida, "Seja a mudança que você quer ver no mundo." - Mahatma Gandhi.

10 Comerciais Fantásticos Envolvendo o Tema -LGBT-

leia mais

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Resultado de imagem para profissional
Recentemente, estamos passando pelo processo delicado de precificação. Delicado? Sim! Sempre existe aquela pergunta: será que está caro ou barato demais? O profissional se coloca muitas vezes na posição de questionamento do cliente e acaba se prostituindo como profissional, cobrando um valor muito abaixo do mercado, apenas para fechar mais um negócio. Só durante o processo de criação, vai se dando conta de todo o serviço que se comprometeu em realizar e que está sendo gerado por um valor mínimo. Além das alterações que são de praxe o cliente solicitar, consequentemente, o profissional se desestimula em alguma parte do caminho deste processo. Acabando, muitas vezes, por influenciar no resultado final.

Cobrar o que se é justo, é valorizar sim o seu trabalho e também o processo criativo realizado para o cliente. O valor cobrado deve ser estudado a partir do serviço desejado pelo cliente e a verba que ele possui para investimento. Temos que pensar em relação ao que aquele serviço irá requerer do seu tempo. Uma análise em relação ao mercado também é interessante para que você tenha uma noção desses valores. Pois a publicidade não está voltada apenas para a parte criativa como muitos pensam. Publicidade é venda! Não podemos fugir disso. Precisamos aliar a criatividade aos resultados. No final, o que vai contar, é quanto de valor financeiro aquela campanha ou job rendeu ao cliente.

E para criar algo que gere valor financeiro e valor da marca, conhecimento, tempo, criatividade se tornam ingredientes primordiais e não são baratos. São cursos, livros, freelas que deixamos de pegar, momentos que nos privamos de aproveitar e que não voltam mais. Então, na hora de cobrar, pense nisso. Claro que aliado ao quanto o cliente possui para investimento.

Saber impor o seu valor não é algo fácil, mas é necessário. Está atrelado diretamente ao seu estimulo e crescimento profissional. Sua profissão não é só escrever uns textinhos, fazer uns desenhos, atender umas pessoas, ver uns horários para divulgação nas mídias. Vai muito além que isso. Se você é capacitado para realizar o job, você é capacitado para mostrar o seu valor aos seus clientes. Vamos parar de deixar que desvalorizem o que amamos e nos propomos a fazer o melhor. Não precisamos ser mais um profissional de preço e sem rosto no mercado, vamos ser o profissional de valor e que domina o negócio.

Uma dica para você profissional freelancer ou de agência é, antes de oferecer o preço, faça um briefing bem elaborado com o cliente, coletando o máximo de informações possíveis para facilitar o seu job e saber qual o perfil do cliente com que irá trabalhar. Espero que este post ajude a você oferecer um valor justo ao cliente, mas acima de tudo, oferecer um valor justo ao seu trabalho.


Por: Juliana Hermes
Estudante de Publicidade e Propaganda, redatora, gestora de mídias sociais, embaixadora do Clube de Criação, criativa, interessada por Relações Públicas e Marketing Digital. Alguém que busca seguir seus sonhos, sem medir as dificuldades. Tem uma frase que rege a sua vida "Seja a mudança que você quer ver no mundo." - Mahatma Gandhi

 

A Prostituição Profissional

leia mais

Copyright © 2014 Universitário Publicitário | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top